Voltar

Ciência para sustentabilidade da Amazônia é tema de debate na 5ª CNCTI

Evento acontece dias 04 e 05 de abril em Manaus e em Belém 

Foto: MCTI/Divulgação

Nesta quinta e sexta-feira (04 e 05), acontecerá a Conferência Livre “Amazônia – Para um futuro sustentável e inclusivo”. O encontro é promovido pela Subsecretaria de Ciência e Tecnologia para a Amazônia, em conjunto com Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA), Instituto Mamirauá, Museu Emílio Goeldi, Sociedade Brasileira pelo Progresso da Ciência (SBPC), Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior – Andifes e Conselho Nacional de Secretários para Assuntos de Ciência Tecnologia e Inovação – Consecti, o debate ocorre dentro das etapas preparatórias para 5ª Conferência Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação.

A primeira parte da programação será na Universidade Federal do Amazonas (UFAM), em Manaus (AM). No segundo dia, a atividade será no Museu Emílio Goeldi, em Belém (PA). Ambas as atividades acontecem no modelo híbrido, com participações presenciais e online. Uma última etapa de debate e sistematização acontecerá no dia 12 de abril, totalmente online. Qualquer pessoa pode participar do evento. 

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas através do link: https://www.even3.com.br/conferencia-livre-amazonia-pra-um-futuro-sustentavel-e-inclusivo-445201/. Também é possível acompanhar os debates, sem inscrição prévia, através do link: youtube.com/andifes

O evento discutirá o desafio da ciência brasileira no que se refere à Amazônia. O bioma de imensa riqueza ocupa vasto território que se estende por nove estados do Brasil- Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima, Tocantins, Mato Grosso e Maranhão- é palco de significativas questões sociais e políticas.

O objetivo é desenvolver uma política nacional de ciência e tecnologia que priorize a Amazônia, com foco na conservação da biodiversidade, visando também o desenvolvimento sustentável de uma região estratégica para o Brasil não apenas como necessidade, mas também um grande desafio.  

A proposta de realizar uma conferência livre sobre a Amazônia visa explorar e aprofundar o conhecimento já existente na região, o desenvolvimento de infraestruturas e tecnologias que melhorem a qualidade de vida das populações locais, respeitando suas especificidades culturais e sociais. Isso inclui a elaboração de estratégias de ciência e tecnologia para áreas como saúde, educação, conectividade digital e inovações tecnológicas aplicáveis em todo o território amazônico”, sustenta a professora Tanara Lauschner, subsecretária de Ciência e Tecnologia para a Amazônia do MCTI. 

“Esses debates devem contemplar o potencial de vários setores que podem se beneficiar de pesquisas e tecnologias avançadas e que têm o potencial de gerar empregos, renda e desenvolvimento econômico, alinhados aos princípios da sustentabilidade”, completa.  

 

Confira a programação completa:

 Programação –  Horário de Brasília

 04/04 – Manaus – Local: Auditório do Instituto de Computação da UFAM – Híbrido

14:00 – Abertura

14:30 – Mesa I: Recuperação, expansão e consolidação do Sistema de Ciência, Tecnologia e Inovação na Amazônia.

16:00 – Intervalo

16:15 – Mesa II: Reindustrialização em novas bases e apoio ao desenvolvimento tecnológico e à inovação nos empreendimentos solidários e nas empresas da Amazônia

 05/05 – Belém – Local: Auditório do Museu Emílio Goeldi – Híbrido

14:30 – Mesa III: Ciência, tecnologia e inovação para programas e projetos estratégicos para e na Amazônia;

16:00 – Intervalo

16:15 – Mesa IV:  Ciência, tecnologia e inovação para o desenvolvimento social da Amazônia

 12/05 – Remoto – Relatório Final

14:30 – 15:30 – Apresentação da sistematização das propostas

15:30 – Intervalo

15:45 – Discussão das propostas.

 Por Bel Neta, com informações do INPA